Não somos obrigados a viver com pessoas que não nos querem felizes!

0
56

A família é a principal base de uma pessoa, desde o momento em que chega ao mundo. É com as pessoas de nossa família que aprendemos valores, princípios e comportamentos, e com base em nosso relacionamento com elas, nossa estrutura emocional é desenvolvida. Entretanto, não podemos aceitar seu comportamento tóxico apenas porque são parte de nosso círculo familiar.

Sim, a família é importante e um dos bens mais valiosos que podemos ter na vida, mas em alguns casos, quando ficamos perto dessas pessoas, parece que só nos tornamos infelizes e estagnados. Dentro de casa também existem pessoas interesseiras, cheias de julgamentos, que gostam de nos manipular, que fofocam sobre nós e nos manipulam apenas para conseguirem seus objetivos, e precisamos nos proteger desse tipo de energia.
Não podemos escolher a família na qual nascemos, mas temos o poder de criar nossa família do coração, com as pessoas que nos amam e nos querem bem. Nem sempre é fácil cortar laços com as pessoas de nossa família biológica, mas para o nosso próprio bem, precisamos nos colocar em primeiro lugar e buscar companhias que realmente nos acrescentem e façam bem.

Conforme crescemos e encontramos pessoas que se importam conosco de verdade e desempenham papeis que deveriam ter vindo de nossos familiares, percebemos o quanto fomos prejudicados por essas pessoas, muitas vezes sofrendo abusos psicológicos e emocionais por nossas vidas inteiras.


Porém, quando cortamos o laço, podemos finalmente sentir que nossas vidas estão seguindo pelo caminho certo, pois não tem mais nenhuma energia negativa entre nós e nossa felicidade. Tornamo-nos os donos de nossos próprios caminhos e não nos sentimos obrigados a dar satisfação de nossas atitudes a pessoas que não querem nos ver felizes.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA